top of page
  • Foto do escritorSabrina Raquel Soares Rodrigues

Pós-parto: cuidados essenciais


Para o pós-parto, é fundamental que a mulher mantenha-se livre da ansiedade, uma vez que esta fase é frequentemente acompanhada por medos como perder o filho, não amamentar corretamente, o bebê não ganhar peso suficiente, e, acima de tudo, receio de ficar com o peso acima do esperado ou do habitual.


Há uma grande renúncia nesta fase, o que contribui para aumentar a insegurança, causando desequilíbrios emocionais e instabilidade.


O ideal é cuidar da alimentação e da mente de forma integral, com o apoio de um nutricionista e de um médico. Nesta fase, há uma tendência acentuada à autodepreciação e ao abandono do autocuidado. Por isso, é essencial realizar um bom pré-natal, com uma alimentação equilibrada e saudável, que faça sentido com a cultura, economia, preferências e valores pessoais.


Adotar uma reeducação alimentar, incluindo alimentos novos e variados, é muito válido para proteger a saúde durante a gestação e prevenir doenças e intercorrências, considerando também o ganho de peso do bebê pós-nascimento.

Orientações práticas:


1. Amamentação: A amamentação não só proporciona nutrientes essenciais para o bebê, mas também ajuda a mãe a retornar ao seu peso pré-gestacional. Estudos mostram que mulheres que amamentam tendem a perder peso mais rapidamente do que aquelas que não amamentam.


2. Alimentação Equilibrada: A inclusão de frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais na dieta da mãe pode melhorar seu humor e energia, além de fornecer nutrientes importantes para a produção de leite materno. Alimentos ricos em ômega-3, como peixes gordos, podem ajudar a reduzir os sintomas de depressão pós-parto.


3. Apoio Emocional: O suporte emocional de profissionais de saúde, como psicólogos, pode ser crucial para a mãe lidar com os desafios emocionais do pós-parto. A terapia cognitivo-comportamental é uma abordagem eficaz para reduzir a ansiedade e a depressão pós-parto.


4. Exercício Físico: A prática regular de exercícios físicos leves a moderados, conforme orientação médica, pode ajudar a melhorar o humor, aumentar a energia e promover a recuperação pós-parto. Somente com orientação médica!


5. Hidratação Adequada: Beber água suficiente é essencial para a produção de leite materno e para a saúde geral da mãe. A desidratação pode levar a fadiga e dificuldades na amamentação.


Cuidar da saúde física e mental de forma integral, com a orientação de profissionais capacitados, é essencial para uma recuperação saudável no pós-parto e para o bem-estar da mãe e do bebê.

Comments


bottom of page