top of page
  • Foto do escritorSabrina Raquel Soares Rodrigues

Como manter o peso após emagrecer?


Para driblar o efeito platô na perda de peso, pode-se fazer inúmeras alterações na dieta, no comportamento e na atividade física. Mas o que é bom pra mim? O que corresponde a minha individualidade socioeconômica e cultural? Todas estas alterações que vou comentar aqui são importantes quando são no específico de cada um.



Mas o que pode dar certo?


Estudo revelam que manter uma dieta e padrão de vida de acordo com sua condição sócio econômica e cultural é bem mais relevante para o objetivo do emagrecimento e manutenção do que mudanças longe desta esfera de comportamento individual e especifico.


Porém a reeducação alimentar é, para alguns, uma mudança fora dos padrões que estavam acostumados e isso pode ser um desafio. Mas aos poucos, toda alteração a ser realizada, que envolve um padrão saudável, pode sim colaborar com a criação de novos hábitos. Algumas pessoas obtém resultados de perda de peso e manutenção por aderirem bem a dieta com menos gorduras, maior variedade de sabores e texturas dos alimentos do que aqueles que tiveram sua dieta com a mesma ingestão anterior ao início do programa para perda de peso. Por isso a intencionalidade de incluir alimentos novos, texturas e preparações diferentes são eficazes em combater a monotonia alimentar. Esta monotonia alimentar pode ser quebrada incluindo pelo menos 1 alimento por dia e não necessariamente um número maior ao mesmo tempo.


No geral, para que uma perda de peso segura significativa seja alcançada, parece que um déficit de energia é necessário, com um nível mínimo de 1200 kcal · dia −1 para mulheres e 1.500 kcal · dia −1 para homens. Uma redução na gordura foi comumente usada em combinação com a restrição de energia, com níveis de ≤30% da energia total sendo prudentes. O aumento da fibra dietética foi um componente chave de 5 dos 24 estudos (21%). A ingestão alimentar e a Atividade Física, bem como os comportamentos que apoiam as mudanças na dieta e na atividade, parecem ser fatores importantes em qualquer programa de perda de peso saudável e bem-sucedido. Uma combinação de restrição de energia e gordura, atividade física regular e estratégias comportamentais é necessária para a manutenção do peso a longo prazo. Estratégias saudáveis ​​para perda e manutenção de peso bem-sucedidas: uma revisão sistemática, https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/?term=Ramage+S&cauthor_id=24383502

A atividade física deve ser sempre motivada começando com caminhadas ao ar livre ou na esteira, e encorajada a elevar o nível para aumento de ganho de muscular como por exemplo, exercícios com o peso do corpo, musculação. Outros esportes de preferência podem ser incentivados para maior adesão a manutenção de peso. Estes exercícios e suas progressões devem ser acompanhados por profissionais de educação física e também monitorados por médicos para avaliar análises clinicas e de patologias. Pois estas alterações em exames são pontos fortes no acompanhamento nutricional para a perda e manutenção de peso.



Tanto a dieta com um pouco de restrição calórica e o exercício físico associados, podem promover déficit calórico necessário para manutenção do resultado porque, com o passar dos anos, temos a tendência a queda da taxa de metabolismo basal e também diminuição de massa muscular com idade.


Mudanças no comportamento através do ensino sobre os alimentos e seus grupos, texturas, formas de preparo e formas de se alimentar ajudam no sucesso terapêutico. E claro, uso de terapias e auto avaliação podem ajudar nestas mudanças efetivas e permanecer com o foco de uma vida saudável. Uma boa noite de sono é um dos pilares fundamentais para o emagrecimento e sua manutenção.


Procure profissionais que possam te ajudar em todos estes processos, como: nutricionistas, educadores físicos, psicólogos e médicos.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page